Descubra tudo sobre cachorro com dor de barriga

Postado por PETZ, em 05/08/2019

Bem-Estar
Descubra tudo sobre cachorro com dor de barriga

A dor de barriga é um problema muito frequente entre os cães. Considerada uma manifestação clínica inespecífica, ou seja, é algo comum para diversas doenças, ela causa muito desconforto para o pet. Por isso, ao notar o cachorro com dor de barriga, é importantíssimo começar a investigar as possíveis causas já que o quadro pode indicar, também, problemas graves.

Continue com a gente para descobrir as principais causas, como identificar e prevenir a dor de barriga em nosso melhor amigo!

Principais causas da dor de barriga

Embora cause muito desconforto, é importante destacar que a dor de barriga em cachorro não é uma doença em si, mas um sintoma. Na verdade, longe de indicar um único quadro de saúde, ela é um sinal genérico de que algo não vai bem.

De acordo com o médico-veterinário da Petz, Dr. Samuel Teófilo, entre os principais fatores que deixam o cachorro com dor de barriga estão, excesso de gases, parasitas intestinais, doenças inflamatórias ou infecciosas e ingestão de corpo estranho.

Doenças mais comuns

Entre as doenças parasitárias, o Dr. Teófilo destaca giardíase, ascaridíase, toxocaríase e dipilidiose como as mais frequentes em cachorros domésticos.

Quando o assunto são as doenças virais, o médico aponta para a parvovirose e a coronavirose são duas causas mais comuns para a dor de barriga em cachorro.

Por fim, estresse, alimentação pouco saudável e/ou mudanças bruscas na alimentação também são motivo de atenção, podendo levar a inflamações gastrintestinais.

Como identificar um cachorro com dor

Sem dúvidas, cachorro com diarreia é um dos primeiros sinais associados à dor e ao desconforto abdominal. Mas saiba que ela não é o único!

Inchaço abdominal, ou seja, o cachorro com a barriga inchada e dura, apatia e outros sintomas desagradáveis também indicam que há algo de errado e devem ser levados a sério. Abaixo, destacamos alguns deles:

  • Mudanças de comportamento;
  • Perda de apetite;
  • Vômitos (em alguns casos a dor de barriga deixa o cachorro com diarreia e vômito);
  • Abdômen enrijecido, com dor à palpação;
  • Perda de peso,
  • Dificuldade em evacuar.

Ao notar qualquer um desses sintomas, assim como outros que fujam do habitual, procure imediatamente um veterinário. Sempre que possível, lembre-se de reportar a ele todos os sinais verificados, a fim de facilitar o diagnóstico.

Diagnóstico e tratamento da dor de barriga em cachorros

“Durante a consulta com o médico-veterinário, é sempre bom falar sobre toda a rotina da casa e do pet”, orienta o Dr. Teófilo. Além disso, o veterinário também pode perguntar sobre a alimentação e as carteirinhas de vacinação e vermifugação.

“Como o motivo da consulta é o desconforto abdominal, é preciso relatar há quanto tempo o pet está apresentando o sintoma, se tem vômitos, diarreias (destacando aspecto e coloração), se há a possibilidade de ingestão de corpo estranho, se houve mudança na alimentação, entre outros”, completa o veterinário da Petz.

A partir dessas informações, o profissional poderá solicitar exames complementares, como hemograma, exame parasitológico de fezes, ultrassom e/ou radiografia abdominal, para identificar possíveis corpos estranhos.

O tratamento e o remédio para cachorro a ser receitado vão depender da causa da dor de barriga.

Prevenção da dor em cães

Ainda que não exista uma única causa para cachorro com dor de barriga, algumas medidas preventivas simples, adotadas no dia a dia, ajudam a evitar o problema, entre elas:

  • Garantir a vermifugação periódica do pet;
  • Seguir o calendário de vacinação anual;
  • Levar o pet para check-ups regulares no veterinário;
  • Promover uma alimentação de boa qualidade e sem mudanças repentinas;
  • Estimular a atividade física por meio de brincadeiras e de passeios,
  • Manter a casa e o quintal devidamente higienizados com desinfetantes específicos, como a amônia quaternária.

Procure a clínica da Petz mais próxima a você e agende um check-up para seu filho de quatro patas! Lembrando que, em caso de emergência, o ideal é socorrer o pet imediatamente. Confira nossos endereços e veja os horários de funcionamento.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *