Cachorro pode comer gengibre? Veja os cuidados

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 15, 2021

Alimentação
Cachorro pode comer gengibre? Veja os cuidados
Tempo de leitura: 4 minutos

Muitas pessoas já receberam dos avós ou de pessoas mais velhas a recomendação para tomar um chazinho ou chupar uma bala de gengibre para aliviar os sintomas de dor de garganta. No entanto, o cachorro pode comer gengibre?

cachorro pode comer gengibre

Estudos apontam que o gingerol, uma substância presente no gengibre, é capaz de diminuir a taxa de reprodução de alguns tipos de bactéria, auxiliando no combate a infecções e algumas doenças inflamatórias, como a gengivite (o que não dispensa a necessidade de uma consulta com um médico especialista). 

Não bastasse isso, ele também é conhecido pelas propriedades descongestionantes, que ajudam a limpar as vias respiratórias, podendo aliviar alguns sintomas da gripe. Assim, ao suspeitar que o pet esteja com gripe, muitos tutores se perguntam: cachorro pode comer gengibre? Confira abaixo.

Afinal, pode dar gengibre para o cachorro?

Conforme explica a Dra. Mariana Porsani, médica-veterinária especialista em nutrição animal da rede Seres, até pode dar gengibre para o cachorro, uma vez que a raiz não é tóxica para a espécie. 

O problema é que, por conta do sabor forte e característico, boa parte dos cães não aceita o alimento, não sendo recomendado forçar a ingestão do gengibre para cachorro ou qualquer outro alimento.

O gengibre atua diferentemente no organismo de pessoas e cachorros. Nesse sentido, por ser um alimento rico em minerais importantes para a espécie, como magnésio e potássio, a especialista diz que seria necessária a ingestão de grande quantidade para que houvesse algum benefício associado. 

A veterinária também não recomenda oferecer certos alimentos preparados com o ingrediente, como bala e chá de gengibre para cachorro. Por outro lado, o cachorro pode comer gengibre por meio da adição do ingrediente a receitas de petiscos, como biscoitinhos, desde que sejam aceitos pelo pet.

O cachorro está com gripe: o que fazer?

Também chamada de influenza, a gripe canina é um problema respiratório de origem viral, que se propaga principalmente nas estações mais chuvosas, quando os ambientes fechados facilitam a transmissão de um indivíduo para outro.

Apesar de não ser um problema grave a princípio, a gripe canina causa muito incômodo no paciente. Sem contar o risco de que evolua para algo mais sério, como uma pneumonia. Por isso, em casos como esse, é comum os tutores se perguntarem se o cachorro pode comer gengibre.

cachorro pode comer gengibre

Entre os principais sintomas do quadro, estão: coriza, apatia, perda de apetite, olhos lacrimejantes, tosse insistente e febre. Ou seja, sinais muito semelhantes ao da gripe em seres humanos. Entretanto, não há transmissão de uma espécie para outra.

O contágio ocorre principalmente a partir da convivência com outro animal contaminado e do compartilhamento de acessórios com um pet doente, como comedouros e bebedouros. Se o cão frequenta lugares por onde circulam outros cães, costuma haver a indicação para o uso da vacina para gripe.

O que fazer ao identificar sinais de gripe

Em caso de suspeita de gripe, consulte um médico-veterinário assim que for possível para obter um diagnóstico precoce, geralmente, feito a partir da conversa com o tutor, de um exame físico e, em alguns casos, com a ajuda de exames laboratoriais. 

A depender do estado de saúde do seu amigo, isto é, dos quadros associados à doença, o veterinário poderá prescrever o uso de anti-inflamatórios e antibióticos adequados para o cachorro.

Hidratação e alimentação equilibrada também são importantes para a recuperação do pet. Porém, evite fazer alterações na dieta por conta própria. Em vez de ajudarem, elas podem acabar piorando o problema à medida que mudanças repentinas podem provocar problemas gastrointestinais.

Cuidado com o gengibre e outras soluções caseiras para problemas de saúde

Sempre que o cachorro apresentar qualquer alteração, seja na aparência ou no comportamento, a recomendação é agendar uma consulta para ele no médico-veterinário para entender o que pode estar acontecendo.

Apesar de bastante disseminadas na internet, soluções caseiras, ainda que naturais, como gengibre em pó e outras combinações, não apenas costumam ser ineficientes, como podem piorar o quadro em alguns casos. 

Por exemplo, quando o cão aparenta estar constipado, isto é, com “prisão de ventre”, o uso de laxantes pode causar até o rompimento do intestino, caso se trate de um problema de obstrução. Por isso, nunca tente resolver situações desse tipo por conta própria ou oferecendo o gengibre para cães!

cachorro pode comer gengibre

Oferecer uma alimentação balanceada e adequada para o cãozinho é essencial para garantir bem-estar e conforto no cotidiano dele. Portanto, agora que você já sabe se o cachorro pode comer gengibre, que tal conferir outros conteúdos da Petz? Aproveite!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *